SUS 2017-11-07T22:29:21+00:00

SUS

Compartilhe essa página

Facebook
Twitter
Whatsapp

Quem pode se candidatar

O Brasil foi um dos primeiros países do mundo a desenvolver uma política pública para o atendimento e tratamento cirúrgico dos portadores de obesidade mórbida. Em 2001, o Governo já publicava e regulava este tratamento no Sistema único de Saúde (SUS), através de uma portaria do Ministério da Saúde.

Os EUA, por exemplo só oficializou esta política em 2008.
A maior parte dos Estados Brasileiros, possuem programas públicos e hospitais do SUS para a realização de cirurgias.

O Estado do Rio de Janeiro possui três locais públicos para a realização de cirurgia da obesidade:

  • Hospital Estadual Carlos Chagas
  • Hospital Federal de Ipanema
  • Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (Fundão)

O Hospital Estadual Carlos Chagas, realiza os procedimentos pelo método da videolaparoscopia e realiza mais de 400 cirurgias por ano, sendo o maior programa público por videolaparoscopia do pais no tratamento cirúrgico da obesidade mórbida e a maior política pública de saúde para esta população, realizada no Estado do Rio de Janeiro de todos os tempos.

O Dr. Cid Pitombo coordena esse programa.

Informações

Entre em contato com a Secretaria de Saúde do seu Município ou diretamente com o ambulatório de cirurgia bariátrica do hospital Estadual Carlos Chagas através do telefone (21) 2451-6796.