Dieta no fim do ano – Cid Pitombo

Dieta no fim do ano

2021-02-02T14:30:10+00:00 22/12/2020|

Fim de ano chegando e a preocupação aumenta. Como manter a dieta em dia e não prejudicar a alimentação saudável com o excesso de gostosuras e guloseimas que as famílias preparam para celebrar de forma especial o Natal e o Ano Novo?

São tantas opções de pratos ou de sobremesas diferentes, que mesmo colocando apenas um pouquinho de cada, quando a gente vê, está com o prato cheio ou repetindo. E o pior, comendo nos dias seguintes tudo de bom que sobra.

Minha dica é: não jogue o seu esforço fora. Não vale a pena. O que você levou dias para perder, pode ganhar em uma única noite de excessos. Nesse ano, em que ficou mais difícil praticar atividades físicas, seu rigor quanto à alimentação vai fazer muita diferença.

Peça ajuda aos familiares. Diga a eles o que pode ou não ser usado no preparo das refeições e ensine as substituições. O apoio de todos é fundamental. Dá para ter pratos deliciosos e mais saudáveis. Abaixo uma lista de dicas para a sua ceia não te sabotar:

– Prefira as carnes mais magras, como peru, frango, peixes. Evite carne de porco, presunto, bacon.

– As carnes devem ser assadas e preferencialmente temperadas naturalmente em casa. Temperos prontos contém alto teor de sódio e outras substâncias conservantes prejudiciais.

– Nada de besuntar a carne com muito óleo ou manteiga. Não adianta comprar carne magra e jogar tanta gordura nela. Prefira caldos de frutas. Evite também frutas em caldas, cheias de açúcar. Quanto mais natural, melhor.

– Se vai comer arroz, é melhor evitar a farofa. E seu arroz pode ter brócolis, cenoura, vagem. Pode até ser um risoto. Evite mesmo o creme de leite, um grande vilão cheio de gordura. Prefira molhos feitos com amido de milho. E se preferir a farofa, que tal experimentar a farofa de aveia? E, se ao menos, torrar a farinha no forno em vez de fritar na frigideira cheia de manteiga e óleo? Depois do forno, basta temperar com alho, cebola e sal a gosto (sempre muito pouco, afinal comemos farinha crua sem sal).

– Salpicão no calor é uma delícia. Frango com cenoura, pimentão, cebola, milho, passas….mas sem maionese, por favor! Coloque iogurte natural ou biomassa de banana verde, um pouco de limão e até de mostarda, que vai ter um sabor incrível. Até a famigerada batata palha, que é frita, não é necessária nessa salada. Pode cortar. Lembre-se: jamais utilize as peles do frango (ricas em gordura). Dê preferência ao peito, que é uma carne com menor quantidade de gordura.

– O bacalhau também não precisa ser com molho branco e purê de batatas. No calor, fica sensacional como salada. Com grão de bico. É muito mais saudável.

– Está chegando a hora mais difícil: a sobremesa. A dica é: quanto menos opções tiver, melhor. Coma o mínimo possível, só para adoçar a boca.

– Por fim. O que beber? Que tal produzir um suco natural de uva? Laranja com abacaxi? Mas nada de beber vários copos. Um só está bom. Deixe de lado refrigerantes. Bebidas alcoólicas também são altamente calóricas.

E lembre-se, quem operou recentemente não pode comer doces, nem gorduras, por causa do risco da síndrome de dumping, que é a passagem desse excesso para o intestino. A dieta dos pós operados tem que continuar muito restritiva mesmo nas datas especiais. Respeitem nossa nutri!

No mais, um excelente fim de ano, com muito amor, paz e acima de tudo, saúde. Evitem aglomerações. Estejam apenas com as pessoas mais íntimas da sua família e tenham um 2021 melhor. Obrigado pelo amor, carinho e apoio de sempre. Nos vemos no ano que vem!